Brasil vai enviar ajuda a Cuba e Haiti após furacões

O Brasil carregou dois aviões com 14 toneladas de mantimentos cada para socorrer Cuba e o Haiti, informou o governo do País hoje. Os dois países foram bastante atingidos pela passagem dos furacões Ike e Gustav. Segundo a Presidência, os dois aviões C-130 partem entre hoje e sexta-feira da base aérea do Rio de Janeiro. Além disso, o Brasil planeja enviar 100 toneladas de arroz em um barco da Marinha.O pacote de ajuda foi definido ontem em uma reunião interministerial convocada pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Antes, Lula havia conversado por meia hora com o líder cubano Raúl Castro, que relatou a destruição causada pelas tempestades. O assessor especial da Presidência para Assuntos Internacionais, Marco Aurélio Garcia, teve uma conversa similar com o presidente do Haiti, René Préval. O Brasil ainda prepara uma nova etapa da assistência aos países, que inclui o envio de medicamentos, helicópteros de resgate e equipes para a reconstrução da rede elétrica.

AE-AP, Agencia Estado

10 de setembro de 2008 | 13h05

Tudo o que sabemos sobre:
Brasilfuracõesajuda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.