Brasileiro condenado por tráfico de drogas no Caribe

Um minerador brasileiro, Aliziro Alves Machado, de 51 anos, foi condenado a cinco naos de prisão na ilha caribenha de Barbados, depois de declarar-se culpado de engolir 1 kg de cocaína e tentar contrabandear a droga. Machado, que vivia em Georgetown, Guiana, chegou ao Aroporto Internacional Grantley Adams na segunda-feira, dizem as autoridades locais. A polícia o interrogou e ele foi preso depois de evacuar 89 pacotes de droga, num hospital.Segundo Machado, alguém lhe pagou US$ 3 mil para levar a droga para Londres. A condenação inicial era de dois anos, mas como o brasileiro não pôde pagar a multa de 240.000 dólares barbadenses (US$ 120.000, ou R$ 360.000) por entrar com droga no país, recebeu pena suplementar de três anos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.