Brasileiro é detido suspeito de matar albanês em Milão

Uma briga entre vizinhos em um prédio habitado por trabalhadores imigrantes regulares, em Milão (norte da Itália), deixou um albanês de 42 anos morto a facadas. O sobrinho da vítima, um albanês de 20 anos, foi internado em um hospital milanês. A mulher do imigrante permanece em estado de choque.

ANDRÉ LACHINI, Agência Estado

23 de agosto de 2010 | 16h02

Um brasileiro de 43 anos, Ricardo Maurício Gomes, foi detido na manhã de hoje quando entrava no trabalho, um canteiro de obras. As informações são dos jornais milaneses Corriere della Sera e Milano Today, baseadas em depoimentos que a mulher da vítima e dois peruanos que vivam no apartamento do brasileiro prestaram aos Carabinieri (polícia paramilitar).

Segundo depoimentos tomados pela polícia, os imigrantes sul-americanos, um brasileiro e dois peruanos, começaram uma festa com música alta e bebidas na noite de domingo, quando o vizinho albanês, que vivia no apartamento ao lado com a mulher, uma filha pequena e um sobrinho, reclamou do barulho.

Os sul-americanos teriam começado a discutir com os albaneses e em um certo momento o sobrinho da vítima, cuja identidade não foi identificada, foi esfaqueado. O albanês interveio na briga, quando teria sido esfaqueado pelo brasileiro, que fugiu do local, contaram os dois peruanos que participaram do confronto.

Tudo o que sabemos sobre:
mortealbanêsMilãobrasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.