Brasileiro é preso no Japão em ação contra hackers

Um adolescente brasileiro foi preso hoje no Japão acusado de pertencer a uma gangue internacional de hackers. Segundo a polícia de Tóquio, o jovem de 17 anos, que morava em Otawara, admitiu fazer parte de um grupo de oito membros conhecidos como os Cyberlords. Operando do Brasil, Estados Unidos e Portugal, eles são acusados de invadir mais de mil sites em 33 países. O grupo tinha por costume assinar a invasão, em inglês ou português. Os crimes ocorreram contra sites em vários países, incluindo Coréia do Sul, EUA, Taiwan e Holanda. O grupo estava sendo investigado desde março, a partir de uma pista da Interpol, organização policial internacional sediada em Paris. O nome do brasileiro não foi divulgado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.