Brasileiro morto em Bali será sepultado em São Leopoldo

A família do terceiro-sargentoMarco Antônio Farias, morto num dos atentados terroristas nailha de Bali no dia 12 de outubro, vai enterrar o corpo em SãoLeopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre. A longaangústia de não saber o paradeiro do militar terminou no sábado,quando o Exército brasileiro recebeu a confirmação, deautoridades da Indonésia, de que os restos mortais haviam sidoidentificados. "É muito triste para nós", disse o pai, otenente do Exército Antônio Carlos Farias, ao receber a notícia."Pelo menos vamos poder sepultar o corpo", comentou, tentandoconsolar-se, ainda sem saber a data do enterro. Um oficial doExército em missão no Timor Leste será destacado para acompanharo caixão, quando liberado, ao longo desta semana, da Indonésiaao Brasil. Marco Antônio Farias tinha 24 anos e estavaaproveitando uma folga na missão de paz da ONU no Timor Lestepara conhecer a ilha de Bali. Poucos minutos antes do atentado terrorista, ele foivisto por colegas na casa noturna Sari Club, na praia de Kuta.Diante da falta de informações, Antônio Carlos Farias viajoupara a Indonésia, onde passou uma semana procurando descobrir oparadeiro do filho. Ao regressar a São Leopoldo no dia 17 denovembro, sem ter conseguido a informação que buscava, o tenenteadmitiu que havia perdido as esperanças.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.