Brasileiro volta ao Haiti para chefiar missão da ONU

O general brasileiro Floriano Peixoto Vieira Neto conseguiu retornar a Porto Príncipe na tarde de hoje e já reassumiu o posto de comandante militar da Missão de Paz da Organização das Nações Unidas (ONU) no Haiti. A informação sobre o retorno dele foi confirmada por telefone à Agência Estado por militares do batalhão brasileiro no Haiti.

RODRIGO RANGEL, Agencia Estado

13 de janeiro de 2010 | 17h55

O general Floriano Peixoto, a quem caberá a tarefa de comandar as buscas às milhares de vítimas do terremoto de ontem, estava na sede da ONU, em Nova York, quando ocorreu a tragédia.

Enquanto o oficial brasileiro não conseguia retornar ao Haiti, por causa do fechamento do aeroporto da capital do país, o comando da missão militar estava interinamente nas mãos do general chileno Ricardo Toro. Floriano Peixoto desembarcou no meio da tarde em Porto Príncipe, de acordo com militares do batalhão brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoONUgeneralbrasileiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.