Brasileiros fecham Ponte da Amizade por quatro horas

A Ponte da Amizade, que liga o Brasil ao Paraguai, permaneceu fechada nesta terça-feira, entre 11 e 15 horas. Desta vez o protesto foi feito por brasileiros, impedidos de trabalhar no comércio paraguaio.Eles podem voltar a fechar o tráfego nesta quarta-feira, às 4 horas da madrugada, horário em que os paraguaios costumam ir a Foz do Iguaçu para comprar frutas e verduras na Central de Abastecimento (Ceasa).Nesta terça pela manhã, representantes do Ministério do Trabalho paraguaio e do serviço de imigração vistoriaram algumas lojas de Ciudad del Este, checando a documentação dos funcionários.Os brasileiros que estavam com documentos irregulares foram mandados de volta ao Brasil.Na semana passada, o bloqueio da ponte, realizado pelos paraguaios, foi encerrado com a promessa do governo paraguaio de disciplinar a presença de brasileiros como funcionários das lojas.Segundo levantamento da Câmara de Vereadores de Ciudad del Este, cerca de 80% dos postos de trabalho na cidade são ocupados por brasileiros. O objetivo é baixar esse número para 30%.Estima-se que 3.500 brasileiros possam ser demitidos. A fiscalização nas lojas deve estender-se até o fim do mês.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.