Brasileiros que falsificavam cartões são presos na Espanha

A polícia espanhola deteve dois brasileiros acusados de falsificar cartões de crédito e de fraudes de mais de 3 milhões de euros. Segundo nota divulgada pela polícia, a chamada "Operação Samba" foi encerrada no sábado passado em Barcelona com a prisão dos brasileiros Alessandro Lindolfo, de 33 anos, e de Leonardo Alencar, de 34 anos. A investigação começou no final de 2005 em estabelecimentos comerciais de Barcelona e Gerona, na Espanha, e também na França e na Suíça.A falsificação consistia em copiar os dados das tarjas magnéticas dos cartões originais para usá-los em outros clonados. A dupla fez saques em dinheiro, comprou jóias, perfumes, roupas, celulares e equipamentos eletrônicos. No momento da detenção, os agentes apreenderam 32 cartões de crédito, 830 euros em dinheiro e passaportes brasileiros.No quarto de um hotel em Barcelona onde os brasileiros estavam hospedados foram encontrados 146 cartões, alguns deles falsificados, um leitor gravador, um computador portátil, uma impressora pequena e 131 numerações de cartões.A polícia também apreendeu vários tickets de compras efetuadas em pontos de comércio, mais de 16 mil euros em dinheiro e artigos de informática, fotografia, relógios, telefones celulares, perfumes e jogos, além de uma agenda com anotações dos saques.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.