Brasília elogia limitação ao tempo de mandato

As reformas prometidas pelo Congresso do Partido Comunista Cubano são vistas com bons olhos pelo governo brasileiro. Para o assessor especial da presidência, Marco Aurélio Garcia, o limite de dois mandatos para os altos cargo é positiva de deve trazer renovação ao governo cubano. "É evidente que esse congresso pode abrir espaço para a emergência de uma nova geração."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.