Brazilian Day celebrou neste domingo independência do Brasil em NY

Foi comemorada hoje, em Nova York, a 22ª edição do Brazilian Day - festival de rua que celebra a independência do Brasil em Nova York. A festa começou pouco depois do meio dia com celebridades da TV Globo e o hino nacional cantado por Fagner. Depois disso, vieram as apresentações das bandas Sandy & Júnior, Leonardo, Calypso e Babado Novo. A festa, organizada pela agência de viagens Brazilian American Cultural Center, o jornal The Brazilians e a Globo Internacional, também incluiu barraquinhas com artesanato, comida típica brasileira e rodas de capoeira.A comemoração do Brazilian Day começou em 1984 e tomava o quarteirão da rua 46 entre a quinta e a sexta avenidas. Hoje ela ocupa 18 quarteirões na região do Little Brazil e reúne cerca de um milhão de pessoas segundo um dos organizadores, João de Matos.Legislação de imigrantesNeste fim de semana, feriado prolongado nos Estados Unidos, começou uma nova onda de manifestações pela legalização de imigrantes. Na sexta-feira, a Coalisão pelos Direitos dos Imigrantes e Refugiados de Illinois organizou uma marcha de 4 dias e 73 quilômetros entre Chicago e a cidade suburbana de Batavia, a oeste do estado. A marcha reuniu 400 pessoas vestindo camisetas com os dizeres "Os interesses dos imigrantes importam". Para esta segunda-feira, a Coalisão Somos a América organizou uma passeata em Phoenix, Arizona. E a mais esperada ocorrerá nesta quinta-feira, 7 de setembro, em frente a Casa Branca em Washington, DC.Organizada pela Coalisão Nacional dos Imigrantes no Capitólio, a marcha pretende reunir mais de um milhão de pessoas e contará com palestras dos senadores Edward Kennedy e John McCain."Vamos participar com 10 ônibus e 500 pessoas saindo de Boston", diz Fausto Mendes da Rocha, diretor executivo e fundador do Centro do Imigrante Brasileiro em Allston, Massachusetts.

Agencia Estado,

03 de setembro de 2006 | 19h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.