Breivik rejeita laudo que atesta insanidade

O extremista cristão Anders Breivik, que matou 77 pessoas na Noruega no ano passado, rejeitou ontem o laudo que aponta sua insanidade mental. Os psiquiatras Torgeir Husby e Synne Soerheim concluíram que ele sofre de esquizofrenia paranoica. Em carta ao jornal Verdans Gang, ele disse que o laudo é "mentiroso".

O Estado de S.Paulo

05 de abril de 2012 | 03h08

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.