Olivier Hoslet/AFP
Olivier Hoslet/AFP

Brexit: Instituições europeias retiram bandeira britânica de seus prédios

A representação do Reino Unido para a UE retirou a bandeira europeia de sua fachada, enquanto a delegação da Escócia em Bruxelas hasteou uma em protesto pelo Brexit

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de janeiro de 2020 | 16h44

BRUXELAS - As instituições europeias retiraram nesta sexta-feira, 31, a bandeira britânica, horas antes da histórica saída do Reino Unido da União Europeia.  Pouco antes das 15h40 (18h40 GMT), dois funcionários do Conselho Europeu, instituição que representa os países do bloco, retiraram a 'Union Jack' - bandeira nacional do Reino Unido - de sua sede em Bruxelas. 

Meia hora depois, a bandeira britânica foi retirada simultaneamente das sedes da Eurocâmara em Bruxelas e em Estrasburgo (norte da França), em um silêncio solene. 

Em uma diferença do Conselho da UE, onde no lugar da bandeira ficou um vazio, a Eurocâmara a substituiu por uma bandeira europeia que ficará ao lado da dos restante dos países do bloco. 

Uma bandeira britânica ficará guardada na Casa da História Europeia, um museu sobre a história europeia com sede em Bruxelas, como foi explicado pelo Parlamento.

Depois de 47 anos com membro do bloco, o Reino Unido se converte hoje no país mais antigo a abandonar o projeto europeu em virtude de um referendo de 2016.

Poco antes, a representação do Reino Unido para a UE retirou bandeira europeia de sua fachada, enquanto a delegação da Escócia em Bruxelas hasteou uma em protesto pelo Brexit./AFP 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.