Briga em mercado deixa seis mortos na China

Uma briga entre dois donos de bancas em um mercado no sul da China nesta sexta-feira deixou cinco pessoas mortas por ferimentos a faca. Um dos participantes da briga foi baleado e morto pela polícia durante tentativa de fuga, segundo autoridades chinesas. O incidente ocorreu na cidade de Changsha.

AE, Agência Estado

14 de março de 2014 | 17h53

Um homem chamado Hebir Turdi esfaqueou e matou outro homem, Memet Abla, no mercado, segundo a agência oficial de notícias Xinhua. Durante a fuga, Turdi esfaqueou mais quatro pessoas antes de ser morto a tiros pela polícia.

Duas das pessoas esfaqueadas na rota de fuga morreram no local e duas outras em um hospital, segundo comunicado divulgado pela polícia.

Os primeiros relatos da região davam conta de que seria um incidente semelhante ao ataque a facadas atribuído a separatistas muçulmanos uighur há duas semanas, que provocou a morte de 29 pessoas em uma estação de trem. Mas, ao contrário do ataque na estação de Kunming, os atos de violência desta sexta parecem ter sido motivados por uma disputa pessoal. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaataquemortes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.