Britânica morre após receber pulmões de doador fumante

A família de uma britânica de 28 anos que recebeu sem saber um transplante de pulmões de um doador que fumava afirmou que a jovem estaria "horrorizada" se soubesse do fato antes da cirurgia. Lynsey Scott sofria de fibrose cística e recebeu em fevereiro um transplante duplo de pulmões de um doador que fumou durante 30 anos. Ela morreu em julho, de pneumonia.

AE-AP, Agência Estado

15 de junho de 2010 | 14h12

O encarregado principal dos transplantes no Reino Unido, Chris Rudge, defendeu a decisão e disse que os pacientes deveriam ser informados de que não receberiam um órgão totalmente novo. Rudge disse à BBC que "os pulmões de um fumante podem estar funcionando de forma perfeitamente normal".

A família de Lynsey pediu que os pacientes recebam mais informações sobre os doadores, antes de aceitar um transplante. Segundo os familiares, a mulher provavelmente teria entrado com um processo, caso soubesse que os pulmões recebidos eram de um fumante.

Tudo o que sabemos sobre:
transplantemorteReino Unidopulmão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.