Britânico com câncer de mama espera nove meses por diagnóstico

Jon Baker diz que falta informação sobre a doença, rara em homens.

BBC Brasil, BBC

14 de fevereiro de 2011 | 16h36

Um policial do condado de Cheshire, no oeste da Inglaterra, foi diagnosticado com câncer de mama após esperar nove meses por uma ressonância magnética.

Após encontrar um caroço no peito, Jon Baker foi a médicos que o tranquilizaram.

Mesmo assim, ele insistiu por um exame mais detalhado e só então descobriu que tinha câncer.

Uma semana depois, o policial teve que se submeter a uma cirurgia para remover parte do peito.

O câncer de mama é raro em homens. No Reino Unido, cerca de 300 são diagnosticados a cada ano.

No entanto, Baker diz que falta informação para a população e mesmo para a comunidade médica.

Ele diz que, além de não ter recebido nenhum material informativo sobre câncer de mama masculino, chegou a ser rejeitado em um grupo de fisioterapia para pacientes que era composto somente de mulheres.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.