Britânico detido por fazer piada é absolvido

O britânico Paul Chambers, detido e condenado em primeira instância por fazer uma piada sobre bombas no Twitter, venceu um recurso judicial e reverteu a condenação. O "crime" de Chambers foi enviar para a rede social uma mensagem reclamando sobre problemas de atraso no aeroporto de South Yorkshire dizendo que "explodiria o lugar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.