PRU/AFP
PRU/AFP

Britânico obcecado por nazismo pega perpétua por assassinato de parlamentar

Thomas Mair, de 53 anos, atirou em Cox três vezes e esfaqueou repetidamente a política de 41 anos e mãe de dois filhos pequenos no distrito eleitoral dela, no norte da Inglaterra

O Estado de S. Paulo

23 de novembro de 2016 | 17h06

LONDRES - Um homem obcecado por nazistas e por ideias de extrema direita foi condenado à prisão perpétua nesta quarta-feira, 23, pelo assassinato, em junho, da parlamentar britânica Jo Cox durante um ataque frenético em plena rua que chocou o Reino Unido uma semana antes do referendo de separação do país da União Europeia.

Thomas Mair, de 53 anos, atirou em Cox três vezes e esfaqueou repetidamente a política de 41 anos e mãe de dois filhos pequenos no distrito eleitoral dela, no norte da Inglaterra.

Durante o ataque de 16 de junho, ele gritou "o Reino Unido primeiro" e "mantenham o Reino Unido independente", como foi dito em seu julgamento, e quando foi preso disse aos policiais ser um ativista político.

O assassinato abalou o país, rendeu condolências de líderes de todo o mundo e levou a uma suspensão de vários dias da campanha que precedeu o referendo, que vinha se tornando cada vez mais agressiva e manchada por recriminações pessoais.

Mair se recusou a se declarar inocente ou culpado e tampouco se defendeu durante o julgamento no tribunal de Old Bailey, que foi tratado como um caso de terrorismo.

Ele só pediu para se pronunciar depois de o júri emitir um veredicto unânime de culpa, mas o juiz Alan Wilkie recusou.

"Você não é um patriota", disse Wilkie. "Com suas ações, você traiu a quintessência de nosso país: o respeito à democracia parlamentar".

Mair, que não tinha ficha criminal, também foi condenado por agressão corporal grave por ter esfaqueado um homem de 77 anos que socorreu Cox durante o ataque. / REUTERS 

Tudo o que sabemos sobre:
BrexitJo Cox

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.