Britânico que produziu peça com personagem gay deixa a cadeia

Uma corte de Uganda libertou sob fiança um produtor britânico que foi preso por encenar uma peça com temática gay. O advogado de David Cecil (foto), que passou o fim de semana na cadeia, disse ontem que seu cliente continua com o passaporte retido e não pode deixar o país africano até que o caso seja encerrado. A acusação é de que ele desobedeceu a ordem do Conselho de Mídia de Uganda ao representar a peça O Rio e a Montanha nos teatros de Kampala no mês passado. Cecil volta ao tribunal em 18 de outubro. Se for condenado, a pena pode chegar a 2 anos de prisão. O personagem principal da peça é um jovem empresário de Uganda assassinado depois de revelar sua homossexualidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.