Britânicos enfrentam mais um dia de enchentes

Milhares de britânicos enfrentavam hoje o segundo dia de enchentes e elevação das marés depois de uma tempestade com rajadas de vento com força de furacão ter atingido o norte da Europa e provocado a morte de pelo menos três pessoas.

AE, Agência Estado

06 de dezembro de 2013 | 07h48

A tempestade forçou a saída da população de diversas áreas da costa leste da Inglaterra. Segundo a Agência Ambiental do Reino Unido, a região pode ser atingida pelas marés mais elevadas em 60 anos.

A Barreira do Tâmisa - um sistema de barragens de metal que se estende por todo o rio - deve permanecer fechada pelo segundo dia seguido para impedir que a água chegue a Londres.

A tempestade também atingiu Noruega, Dinamarca e Alemanha. As mortes registradas até o momento ocorreram na Escócia, na Inglaterra e na Dinamarca.

Em Hamburgo, segunda maior metrópole da Alemanha, a água subiu quatro metros além do nível normal, provocando o fechamento do movimento porto da cidade. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
EuropatempestadeHamburgoTâmisa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.