Britânicos negociam indulto a professora

Dois parlamentares ingleses muçulmanos, Sayeeda Warsi e Nazir Ahmed, reúnem-se hoje com o presidente do Sudão, Omar Hassan al-Bashir, para negociar um indulto à professora britânica Gillian Gibbons, que permitiu que seus alunos dessem o nome de Maomé a ursos de pelúcia. Ela cumpre pena de 15 dias de prisão por ter insultado o Islã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.