Britânicos prometem a maior marcha européia contra a guerra

Organizações pacifistas e grupos de direitos humanos britânicos anunciaram hoje a realização de uma marcha para o próximo final de semana, em Londres, para marcar oposição ao suposto apoio do governo da Grã-Bretanha a uma guerra contra o Iraque.Entre os organizadores da marcha estão os deputados trabalhistas independentes George Galloway e Jeremy Corbyn, que garantiram hoje que a manifestação será uma das maiores já realizadas em toda a Europa."Depois das declarações de Blair no Parlamento britânico e a publicação do chamado dossiê sobre a construção de armas nucleares por parte do regime de Saddam, agora vamos expressar junto à população da Grã-Bretanha o que pensamos sobre esta guerra sem sentido", afirmou Galloway em declarações a uma emissora de rádio londrina.Por sua vez, o também trabalhista Corbyn declarou que a manifestação "será a maior na Europa contra a guerra ao Iraque".Depois de uma acalorada sessão parlamentar, que durou até a meia-noite (horário local) de ontem, 53 deputados trabalhistas expressaram sua "total oposição" a um ataque bélico a Bagdá.O número de dissidentes dentro do partido do primeiro-ministro Tony Blair foi maior que o esperado, mas um porta-voz do governo destacou hoje pela manhã que tal resultado não possui uma importância real, já que não se tratou de uma votação oficial.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.