Britânicos transferem região afegã violenta para EUA

A responsabilidade pela segurança do violento distrito de Sangin, no sul do Afeganistão, foi transferido dos militares do Reino Unido para os Estados Unidos, informou hoje o Ministério da Defesa britânico. Sangin é a região onde as forças britânicas sofreram suas piores baixas. Foram mais de 100 mortes na cidade e em áreas próximas, número que representa quase um terço do total de tropas britânicas mortas desde a invasão no Afeganistão, em 2001.

AE, Agência Estado

20 de setembro de 2010 | 09h00

O plano de transferência para tropas dos EUA foi anunciada em julho pelo ministro de Defesa britânico, Liam Fox. As forças do Reino Unido haviam se transferido para a área em 2006. Fox disse em comunicado que as forças britânicas seriam realocadas no centro de Helmand, uma área de forte presença da insurgência do Taleban e do comércio de ópio. O ministro elogiou a atuação de seus comandados e notou que "o nível de sacrifício" deles nas operações em Sangin foi "alto". As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.