Britânicos vão analisar caixas pretas do voo MH17

As caixas pretas do Boeing 777 da Malaysia Airlines que caiu no leste da Ucrânia serão examinadas por britânicos especialistas em acidentes aéreos, informou o primeiro-ministro do Reino Unido nesta terça-feira.

Agência Estado

22 de julho de 2014 | 14h53

Os especialistas britânicos da Agência de Investigação de Acidentes Aéreos vão recuperar os dados do voo para análise, após pedido do governo da Holanda, informou David Cameron pelo Twitter.

As informações não devem ser divulgadas pelos britânicos, que devem repassá-las para as autoridades holandesas, responsáveis por decidir o que será publicado.

Mais cedo nesta terça-feira, os separatistas pró-Rússia entregaram as duas caixas prestas do voo MH17 para investigadores malaios na cidade de Donetsk.

O primeiro-ministro da Malásia, Najib Razak, disse que a entrega fez parte do acordo que ele fez com o líder rebelde, Alexander Borodai. Segundo Najib, as caixas pretas pareciam "estar em boa condição". Fonte: Associated Press.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.