EFE/HAYOUNG JEON
EFE/HAYOUNG JEON

Britânicos vão às urnas decidir o futuro do Reino Unido e da União Europeia

Segundo algumas pesquisas de opinião, resultado está muito apertado para ser projetado, mas apontam uma ligeira vantagem para a permanência no bloco europeu

O Estado de S. Paulo

23 Junho 2016 | 08h17

LONDRES - Os britânicos votam nesta quinta-feira, 23, para decidir se permanecem ou não na União Europeia (UE) em um referendo que dividiu o país e está sendo acompanhado com nervosismo pelos mercados financeiros e políticos de todo o mundo.

Pesquisas de opinião realizadas antes da votação indicaram que o resultado está apertado demais para ser projetado, embora elas apontem uma vantagem para a opção de permanecer no bloco europeu.

A decisão depende muito do comparecimento dos eleitores, considerando que os mais jovens são vistos como mais defensores da UE do que os mais velhos, porém com menor probabilidade de votar.

Os locais de votação abriram às 7h (3h em Brasília) e fecharão às 22h (18h em Brasília), com a expectativa de que os resultados sejam anunciados pelas 382 áreas de contagem locais entre 22h e 0h de quinta-feira.

Pesquisas. Uma pesquisa de intenção de voto do Instituto Ipsos MORI apontou que 52% dos eleitores britânicos são a favor da permanência do Reino Unido na União Europeia, enquanto 48% querem a saída do bloco.

A libra avançou contra o dólar após a publicação dos índices, e atingiu uma máxima em seis meses, sendo negociada com alta de 1,2% no dia.

A pesquisa com 1.592 pessoas foi encomendada pelo jornal Evening Standard e ouviu os entrevistados na terça e na quarta-feira. /Reuters

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.