Brown anuncia novas medidas contra o terror

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, anunciou ontem novas medidas para combater o terrorismo na Grã-Bretanha. Na última audiência da Câmara dos Comuns antes do recesso de verão, Brown pediu a ampliação de 28 para 56 dias do prazo atual em que supostos terroristas podem ficar detidos sem acusação formal. A medida ainda precisa ser submetida ao Parlamento. Um plano semelhante para aumentar o limite de detenção para 90 dias foi derrotado no Parlamento em 2005. Durante a sessão, Brown também disse que a Grã-Bretanha vai impor vistos biométricos para visitantes e fortalecerá as fronteiras.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.