Brown pede a líderes árabes maior pressão sobre Hamas

O primeiro-ministro britânico, Gordon Brown, afirmou que os líderes árabes devem fazer pedidos mais claros para que o grupo militante islâmico Hamas se desarme. Brown contou que conversou ontem com o primeiro-ministro de Israel, Ehud Olmert, e disse a eles que os israelenses devem respeitar a resolução do Conselho de Segurança (CS) da Organização das Nações Unidas (ONU) exigindo um cessar-fogo nos confrontos na Faixa de Gaza. O conflito já deixou mais de 940 palestinos mortos desde 27 de dezembro.O líder britânico aponta em comunicado que falou também com o presidente egípcio, Hosni Mubarak, e pediu uma condenação mais firme do Hamas, que controla a Faixa de Gaza. Brown discutirá hoje a ofensiva de Israel com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas. Ele também se encontrará com o presidente francês, Nicolas Sarkozy, em Paris, e amanhã, com a chanceler alemã, Angela Merkel, em Berlim.

AE-AP, Agencia Estado

14 de janeiro de 2009 | 09h31

Tudo o que sabemos sobre:
IsraelGazaHamasárabesBrown

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.