Burger King é proibido em base no Afeganistão

Burger King é proibido em base no Afeganistão

O general Stanley McChrystal, comandante das tropas da Otan no Afeganistão, está em campanha aberta contra a cultura de fast-food em bases militares dos EUA. Esta semana, ele ordenou o fim de todas as lanchonetes nas bases afegãs de Kandahar e Bagram. A medida levou ao fechamento de lojas das franquias Burger King, Pizza Hut e Dairy Queen. Segundo McChrystal, os soldados devem se concentrar na missão de derrotar o Taleban.

, O Estado de S.Paulo

27 de março de 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.