Burro é preso em protesto contra governo na Índia

Um burro foi preso na Índia depois de ser usado num protesto contra autoridades locais no Estado de Tamil Nadu. O animal, que levava um cartaz com os dizeres "Lento para agir, desmotivado e teimoso" pendurado no pescoço, foi mantido na delegacia por uma noite. A polícia alega que o animal é "prova do crime", mas ativistas dizem que se trata de uma crueldade. Os donos do burro, porém, se dizem aliviados com a libertação do animal, que eles haviam alugado para os manifestantes de duas organizações não-governamentais, supostamente sem saber que o bicho seria usado num protesto.A polícia agiu depois que as autoridades criticadas apresentaram uma queixa alegando que estavam sendo ridicularizados em público.Prisioneiro difícil Além de levar o burro, os policiais prenderam vários manifestantes e apreenderam materiais usados no protesto, incluindo uma barraca, um alto-falante e um amplificador.Como os policiais não conseguiram encontrar o dono do burro - procedimento padrão quando um animal é encontrado na cena de um crime, o juiz que analisou o caso não teve opção a não ser ordenar a prisão do bicho.Os policiais disseram que o quadrúpede foi um prisioneiro difícil, tendo rejeitado desde a alimentação até o padrão da acomodação.Os donos foram encontrados no dia seguinte. Como eles disseram que não sabiam o motivo pelo qual o animal seria usado, agora a polícia também está acusando os manifestantes de crueldade contra os animais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.