Bush aceita convite de Lula para visitar o Brasil

O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou por bastante tempo com presidente norte-americano George Bush durante almoço oferecido pelo secretário da ONU, Kofi Annan, a chefes de estados e de governos. Lula sentou à esquerda de Annan e Bush à direita. O presidente brasileiro reiterou um convite de visita ao Brasil para o colega norte-americano, que foi aceito, disse Amorim. Nenhuma data ainda está marcada. Entre os temas conversados pelos dois presidentes, Amorim disse que Bush mencionou o acordo da Argentina com o FMI e Lula manifestou apoio ao sócio do Mercosul. "Bush disse a Lula que estava contente com o fato de ter sido fechado um acordo com a Argentina, ao passo que Lula disse que isso também era importante para os brasileiros". Lula falou também sobre o andamento das reformas no Congresso.Outro tema discutido foi a atuação do Brasil na reunião da Organização Mundial do Comércio, em Cancún. Lula disse a Bush ter se surpreendido com as posições dos EUA porque as posições brasileiras, segundo Lula, são as mesmas que os EUA costumavam defender até pouco tempo atrás. "Houve uma concordância entre os dois presidentes que o importante é retomar firmemente as negociações. Não podemos considerar essa rodada (Cancún) um caso perdido", afirmou Amorim.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.