Bush adia discurso sobre paz no Oriente Médio

Depois de ter anunciado um pronunciamento para tratar do processo de paz no Oriente Médio, a Casa Branca voltou atrás e decidiu adiar a divulgação. O presidente George W. Bush iria anunciar um "mapa de caminhos" para um Estado palestino até que seja nomeado um primeiro-ministro com credibilidade e poder real por Yasser Arafat. Os motivos do adiamento serão explicados por Bush na Casa Branca no mesmo horário que estava prevista a apresentação do "mapa", ou seja, às 12h (de Brasília). Collin Powell, o secretário de Estado, estará com ele. Os EUA têm dito que divulgariam medidas, as quais acreditam ser necessárias para que os palestinos tenham seu próprio Estado. Entre as condições consideradas pelos EUA estão reformas que os palestinos deveriam realizar para tornar-se mais democráticos, a renúncia ao terrorismo e a busca da paz com Israel. Aos israelenses, os EUA recomendam suspender atividades de ocupação e saída da Faixa de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.