Bush anuncia que os EUA abandonaram o tratado ABM

O presidente americano, George W. Bush, anunciou na tarde de hoje que os EUA devem abandonar o Tratado Contra Mísseis Balísticos (ABM), de 1972. De moscou, o presidente russo, Vladimir Putin disse que a decisão americana era esperada e classificou como um "erro e um retrocesso".O ABM, assinado pelos Estados Unidos e a então extinta União Soviética, é considerado uma das bases da política de contenção mútua das duas superpotências durante a guerra fria. O tratado proíbe o desenvolvimento de sistemas de defesa contra mísseis balísticos intercontinentais. Com a decisão, o presidente dos Estados Unidos deu o primeiro passo para cumprir uma promessa de sua campanha eleitoral: desenvolver e instalar um sistema de defesa antimísseis que poderá proteger o país e seus aliados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.