Bush aperta restrições de viagem a Cuba

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, endureceu as restrições impostas a Cuba, depois de acusar o governo Fidel Castro de "adotar ações para desestabilizar as relações" com Washington durante o ano passado. Bush assinou uma ordem para expandir a autoridade do governo com o objetivo de evitar partidas não autorizadas de navios em águas territoriais americanas com destino a Cuba. De acordo com a medida, as autoridades americanas terão poder para inspecionar qualquer embarcação em águas territoriais dos EUA e adotar as ações cabíveis em caso de necessidade.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.