Bush chega a Pequim depois de provocar polêmica

O presidente norte-americano George W. Bush chegou na manhã desta quinta-feira (horário de Brasília) a Pequim, depois de uma passagem pela Tailândia no trajeto até a China. Bush vai participar nesta sexta-feira da cerimônia de abertura da Olimpíada, no estádio Ninho do Pássaro. Antes mesmo de chegar, porém, Bush já havia provocado muita polêmica ao afirmar, durante encontro com jovens na Tailândia, que a "América reafirma sua firme oposição à detenção, na China, de dissidentes políticos e ativistas dos direitos humanos e religiosos". Disse ainda que os Estados Unidos defendem a abertura e a justiça na China, e justificou: "Não para impor nossas crenças, mas para permitir que os chineses expressem as suas".As declarações de Bush provocaram imediata resposta dos chineses, por intermédio do porta-voz da chancelaria, Qin Gang, que afirmou que estrangeiros não devem interferir em assuntos internos do país com "qualquer palavra ou ato".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.