Bush condena atentado em Haifa

O presidente dos EUA, George W. Bush, condenou o atentado em Haifa, que provocou a morte de 16 israelenses além do palestino suicida, anunciou hoje um porta-voz da Casa Branca. Anteriormente, um alto responsável pela administração Bush havia expressado a condenação dos EUA ao atentado como "um brutal ataque terrorista".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.