Bush condena atentado em Israel

O presidente norte-americano, George W. Bush, condenou o ataque terrorista que deixou 19 mortos ? entre eles, três crianças - e pelo menos 50 feridos em Israel, dizendo que os ataques perpetrados por militantes palestinos são o ?principal obstáculo? à busca de um acordo de paz no Oriente Médio. Em nota oficial, Bush reafirmou seu pedido às autoridades palestinas para que combatam os militantes: ?este ataque desprezível evidencia mais uma vez a responsabilidade das autoridades palestinas no combate ao terrorismo, principal obstáculo à visão de dois Estados vivendo lado a lado em paz e segurança?.Em outra declaração, o Departamento de Estado dos Estados Unidos pede que a Autoridade Palestina tome medidas enérgicas capazes de evitar que ataques como esse ocorram novamente. O Primeiro-Ministro Palestino, Ahmed Qurei, pediu que os militantes islâmicos parem os ataques contra civis.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.