Bush condena decisão da Rússia em relação à Geórgia

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, condenou a decisão da Rússia de reconhecer a independência da Ossétia do Sul e da Abkházia em relação à Geórgia, advertindo que Moscou "precisa reconsiderar sua decisão irresponsável". Em comunicado divulgado em sua fazenda em Crawford (Texas), onde passa férias, Bush diz que "os EUA condenam a decisão do presidente russo de reconhecer como Estados independentes as regiões georgianas da Ossétia do Sul e da Abkházia".A posição norte-americana e de seus aliados frente à questão das províncias georgianas contrasta com a atitude tomada em fevereiro deste ano, quando eles reconheceram a independência da província de Kosovo em relação à Sérvia, aliada de Moscou. Na época, a Rússia disse que o caso de Kosovo serviria como precedente para os movimentos pró-independência da Ossétia do Sul e da Abkházia, províncias de população predominantemente russa que já tinham autonomia desde a dissolução da União Soviética, no começo da década de 1990. As informações são da Dow Jones.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.