Bush condena mídia e protestos violentos

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta quarta-feira que condena as charges de Maomé e pede o fim manifestações violentas."Eu peço aos líderes nacionais ao redor do mundo um esforço pelo fim da violência. Precisamos proteger a vida de diplomatas inocentes que estão servindo seus países", disse Bush, que fez seus comentários após encontrar com o rei da Jordânia, Abdullah II.O líder da Jordânia pediu para os manifestantes que demonstrem seus pontos de vista articuladamente e pacificamente.A policia no Afeganistão matou quatro manifestantes a tiros nesta quarta-feira. A ação teve o intuito de parar milhares de manifestantes que marchavam em direção a uma base militar americana.Até agora 11 afegãos foram mortos nos protestos da última semana. Várias cidade afegãs estão paradas devido às manifestações que surgiram após a republicação das charges de Maomé.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.