Bush culpa autoridades palestinas por morte de americanos

O presidente dos EUA, George W. Bush, acusou as autoridades palestinas, e especificamente o presidente Yasser Arafat, pela morte de três americanos em um atentado em Gaza. ?As autoridades palestinas deveriam ter atuado há tempos para coibir o terrorismo em todas as suas formas?, disse Bush em comunicado.O presidente americano condenou de maneira enérgica o ataque, que destruiu um veículo diplomático dos EUA. Os três mortos eram guardas de segurança. O explosivo foi detonado por controle remoto. Bush acrescentou que os EUA trabalham para levar os culpados à Justiça, e atacou Arafat, a quem acusou de agir para bloquear as reformas na Autoridade Nacional Palestina.?O fracasso dessas reformas e no desmantelamento das organizações terroristas são o maior obstáculo para que os palestinos conquistem o sonho de ter um Estado?, disse Bush. Os três americanos estavam em Gaza para entrevistar palestinos que se candidataram a bolsas de estudo nos EUA. Para Bush, este é ?mais um exemplo de que os terroristas são inimigos do progresso e das oportunidades do povo palestino?.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.