Bush dedica monumento à Força Aérea para mortos na defesa dos EUA

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, dedicou o primeiro monumento à Força Aérea americana, inaugurado neste sábado nas proximidades de Washington, a todos os "heróis" dessa ala militar que morreram na defesa do país."Seu serviço e sacrifício será sempre lembrado e honrado neste lugar", disse o presidente americano diante das estruturas de metal que rendem tributo à Força Aérea, em Arlington (Virginia), próximo ao Cemitério Nacional de Arlington - onde estão enterrados os heróis militares dos EUA - e à sede do Pentágono.Bush aproveitou a ocasião para defender sua estratégia contra o terrorismo e a guerra global contra o terror, implementada por seu Governo após os atentados de 11 de setembro de 2001 em Nova York e Washington.Imediatamente depois desses ataques, prosseguiu, a Força Aérea dos EUA "contribuiu para levar justiça" a milhares de quilômetros das Torres Gêmeas de Nova York, destruídas nesses atentados de 11 de setembro de 2001.Bush lembrou que passaram cinco anos desde aquela fatídica data e que, ainda hoje, "todos os dias" os americanos dependem, "nesta guerra, da destreza e determinação dos homens e mulheres da Força Aérea".Segundo o presidente americano, os terroristas e extremistas tentam derrotar os Governo moderados do Oriente Médio para tomar o controle desses países e "utilizá-los como bases para atacar os EUA". Derrotar esses terroristas, acrescentou, "é o desafio de nosso tempo e a chamada desta geração".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.