Bush deve reunir-se com Sharon e Abbas

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, não pretende visitar Israel em sua próxima viagem internacional, mas poderia reunir-se com representantes israelenses e palestinos em algum país do Golfo Pérsico. Assim reagiu Sean McCormack, porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, a uma notícia publicada pelo jornal The New York Times sobre uma eventual viagem de Bush ao Oriente Médio.Uma das etapas analisadas é uma escala no Kuwait, onde o mandatário americano visitaria as tropas de seu país. O porta-voz excluiu uma escala em Israel, mas citou a possibilidade de Bush reunir-se com os primeiros-ministros israelense, Ariel Sharon, e palestino, Mahmoud Abbas, em algum país do Golfo Pérsico.No fim de maio, Bush deverá viajar à França para participar da reunião de cúpula do Grupo dos Oito (G-8) em Evian, na França, evento previsto para ocorrer entre os dias 1º e 3 de junho, prosseguiu McCormack. Ainda nesta quarta-feira, o chefe do Estado Maior de Israel, Dov Weisglass, chegou a Washington para uma visita inesperada de um dia.Ele deverá reunir-se com a conselheira de segurança nacional de Bush, Condoleezza Rice, e outras autoridades americanas em Washington. Eles deverão discutir meios de conter as ações de militantes islâmicos radicais e abrir caminho para negociações de paz com os palestinos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.