Bush: diplomacia é a melhor opção para resolver crise com Irã

A diplomacia é a opção preferível para resolver a disputa sobre o programa nuclear iraniano, afirmou nesta terça-feira o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, durante um ato em Sun City Center, na Flórida.Em reunião com aposentados americanos, o presidente respondeu assim a uma pergunta sobre o que os Estados Unidos fariam se o Irã obtivesse uma bomba nuclear, mas não fez referência à carta enviada pelo presidente desse país, Mahmoud Ahmadinejad, na segunda-feira."A primeira opção, e a mais importante, é a diplomacia", afirmou Bush, que expressou seu convencimento de que "acho que podemos conseguir (uma solução para a disputa) através da diplomacia".A carta de Ahmadinejad ao presidente dos Estados Unidos é a primeira em 27 anos, desde que as duas nações romperam laços diplomáticos.Teerã afirma que a carta propõe novas vias para resolver a disputa. Os EUA, no entanto, garantem que a mensagem não contém nada de concreto, e a classificam como uma tentativa de desviar o debate enquanto o Conselho de Segurança da ONU examina que medidas tomar sobre o programa nuclear iraniano.Os EUA pressionam para que o Conselho de Segurança imponha sanções ao Irã, e considera que o programa de Teerã para enriquecer urânio tem fins militares.O Irã nega essa acusação e afirma que suas atividades nucleares têm como fim apenas a produção de energia para sua população.A Rússia e a China, dois dos membros permanentes do Conselho de Segurança junto com EUA, França e Reino Unido, estão reticentes à imposição de sanções.Em reunião na noite de segunda-feira, em Nova York, os representantes desses cinco países mais a Alemanha não conseguiram chegar a um acordo sobre uma estratégia comum em relação ao Irã.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.