Bush disposto a capturar Osama bin Laden no Paquistão

O presidente George W. Bush manifestou disposição de enviar tropas ao Paquistão, se dispusesse de dados confiáveis garantindo que o líder da rede terrorista Al-Qaeda, Osama bin Laden, se encontra no país. Numa entrevista à rede de televisão CNN, Bush ressaltou sua decisão de "adotar as ações necessárias" para conseguir que Bin Laden seja levado à Justiça. Um repórter da emissora perguntou se Bush estaria disposto amandar soldados americanos para matar ou capturar o principal líder da Al-Qaeda, mesmo que estivesse no Paquistão. O presidente respondeu "absolutamente". No entanto, ressaltou que, antes de qualquer ação militar, teria de contar com uma boa informação de inteligência. O presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, disse que seu governo se oporia a qualquer ação americana no território paquistanês. Em declarações à imprensa em Nova York, onde assistiu à Assembléia Geral da ONU, Musharraf rejeitou categoricamente as afirmações do presidente do Afeganistão, Hamid Karzai, que acusou oPaquistão de não combater com firmeza os talebans. "O Paquistão está fazendo o que pode e o Afeganistão é que deve fazer mais" para combater os fundamentalistas talebans no sul dopaís, disse Musharraf.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.