Bush diz que o mundo tem de agradecer aos militares dos EUA

Os sacrifícios dos militares dos Estados Unidos e de suas famílias não são apenas um serviço para o país, mas também para a população mundial. A afirmação foi feita hoje pelo presidente norte-americano, George W. Bush, em seu discurso semanal de rádio, que comemorou o 4 de julho, Dia da Independência do país. "Sem o envolvimento ativo dos EUA no mundo, as ambições de tiranos não sofreriam oposição, e milhões viveriam a mercê de terroristas", declarou. Para Bush, o mundo deveria agradecer os esforços militares de seu país: "Milhões de pessoas atualmente são livres graças à coragem de nossos veteranos de guerra".

Agencia Estado,

05 Julho 2003 | 13h29

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.