Bush diz que sua nova estratégia no Iraque ´funcionará´

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, disse nesta quinta-feira acreditar que sua nova estratégia no Iraque, que apresentou na semana passada e que inclui o envio de mais 20 mil soldados, "funcionará", apesar do ceticismo até mesmo de muitos de seus correligionários.O presidente está dando os últimos retoques no discurso sobre o Estado da União que lerá na próxima terça-feira durante uma sessão conjunta do Congresso. Boa parte do discurso deve estar dirigida a defender a nova estratégia dos EUA no Iraque, anunciada no dia 10, como parte de um esforço de estabilização.Bush reconheceu, no entanto, que "há ceticismo" sobre se a nova estratégia conseguirá aplacar a violência e melhorar a segurança no Iraque, mas não deu sinais de recuar em seu plano.Na quarta-feira, um grupo de senadores democratas, a que se uniu um republicano, anunciou um acordo para uma resolução não vinculativa na qual rejeita o envio de mais tropas ao Iraque. Na resolução, que será levada a votação na próxima semana, os congressistas pedirão também um maior compromisso de outros países da região para reconduzir o conflito e para assegurar a estabilização e a reconstrução do Iraque.O porta-voz da Casa Branca, Tony Snow, disse nesta quinta que, além do Iraque, Bush abordará no discurso assuntos relacionados com a reforma migratória, a disciplina fiscal, a luta antiterrorista, a reforma energética e outros temas de interesse nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.