Bush e Blair são indicados para o Nobel da Paz

O presidente dos EUA, George W. Bush, e o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, foram indicadospara o prêmio Nobel da Paz de 2002 por sua luta contra oterrorismo e seu empenho em garantir a paz mundial, anunciou hoje um advogado norueguês. Harald Tom Nesvik, membro do Parlamento pelo direitistaPartido do Progresso, disse ter indicado os dois líderes para ocobiçado prêmio, apesar do papel de ambos na guerra noAfeganistão. "Minha indicação se baseia na decisiva ação (de ambos)contra o terrorismo - algo que, segundo acredito, será no futuro a maior ameaça à paz", disse Nesvik. "Infelizmente, às vezes... é preciso usar a força para assegurar a paz". Por ser membro do Legislativo nacional norueguês, Nesviktem direito a fazer uma indicação para o prêmio. O comitê do prêmio Nobel, baseado em Oslo, aceitaindicações feitas após 1º de fevereiro, e as propostas continuam chegando ao longo do mês, sendo impossível prever o número de indicados até o final de fevereiro. No ano passado, 136 indivíduos e grupos foram indicados.O prêmio de 10 milhões de coroas suecas (US$ 943.000) foidividido entre as Nações Unidas e seu secretário-geral, KofiAnnan. O comitê mantém em segredo os nomes dos indicados por 50 anos. No entanto, os que fazem as indicações à vezes revelam a identidade dos nomeados. Estima-se que os ataques de 11 de setembro nos EUA esuas conseqüências tenham influência sobre as indicações deste ano, porque sua ocorrência foi muito tardia para ser considerada na premiação do ano passado. Outras indicações ligadas a 11 de setembro que forammencionadas - mas não confirmadas - incluem o ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani e Guy Tozzoli, um engenheiro que colaborou no projeto do World Trade Center. Ainda hoje, dois membros democrata-cristãos doParlamento norueguês indicaram o Exército da Salvação para a lista que já inclui dois grupos humanitários: o da Igreja de Santo Egídio, um grupo católico de Roma, e outro que trabalha na América Latina. O nome do contemplado com o Nobel da Paz é divulgado em meados de outubro e o prêmio é entregue 10 de dezembro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.