Bush e Cheney não irão à convenção republicana na segunda

Governo disse que ambos não vão por causa de Gustav; presença do presidente seria negativa para McCain

Jeremy Pelofsky, Reuters

31 de agosto de 2008 | 13h08

O presidente George W. Bush e o vice Dick Cheney não deve comparecer à convenção nacional republicana na próxima segunda-feira. A Casa Branca declarou neste domingo, 30, que Bush e Cheney vão se concentrar na supervisão dos trabalhos em relação ao furacão Gustav, prestes a atingir a Louisiana.   Veja também: Furacão Gustav ameaça a convenção Republicana Obama x McCain Entenda o processo eleitoral   Cobertura completa das eleições nos EUA  "Por causa do furacão, o presidente não deve viajar para Minnesota na segunda-feira", disse a porta-voz da Casa Branca, Dana Perino. "Estamos trabalhando em preparativos alternativos e vamos fornecer detalhes assim que possível". Na segunda-feira, o Partido Republicano inicia sua convenção de quatro dias para oficializar John McCain como seu candidato a presidente para a eleição de 4 de novembro. Os organizadores disseram que estão atentos ao furacão e podem alterar seus planos. Grandes nomes do partido, incluindo o próprio McCain, dizem ser inadequado serem vistos comemorando enquanto um desastre natural se desencadeia a 1.700 quilômetros de distância. Bush, cujos índices de aprovação pairam na casa dos 30% há meses, deveria falar na convenção na segunda-feira. McCain tem buscado um delicado equilíbrio entre a independência do impopular presidente e a aproximação da base conservadora, na qual muitos admiram Bush.

Tudo o que sabemos sobre:
Eleições nos EUABushJohn McCain

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.