Bush elogia Musharraf e promete ajuda ao Paquistão

O presidente dos EUA, George W. Bush, referiu-se nesta terça-feira ao presidente do Paquistão, Pervez Musharraf, como um ?líder corajoso? e amigo da América. Musharraf é o primeiro líder de um país do sul da Ásia a ser convidado a visitar a residência presidencial de Camp David. Musharraf agradeceu o ?gesto especial? e convidou Bush a visitar o Paquistão.Bush anunciou que os dois países assinarão novos tratados comerciais e de investimento, visando um acordo de livre comércio. Ele se comprometeu em pedir ao Congresso uma ajuda de US$ 3 bilhões ao Paquistão. Além disso, anunciou o perdão de US$ 1 bilhão devidos pelo Paquistão no ano passado.Bush deu a Musharraf crédito pela captura de mais de 500 líderes da Al-Qaeda e do Taleban. Durante entrevista coletiva, o presidente americano disse que é ?apenas uma questão de tempo? até que líderes como Osama bin Laden e Saddam Hussein sejam capturados. ?Não importa quanto tempo leve, senhor presidente?, disse Bush, acenando com a cabeça para Musharraf. O presidente americano elogiou Musharraf por preparar a construção de um ?Paquistão moderno?, o que exigirá um ?movimento em direção à democracia?. O presidente paquistanês chegou ao poder num golpe militar. Depois que Musharraf apoiou a guerra americana no Afeganistão, em 2001, os EUA suspenderam diversas sanções impostas ao país pelo golpe militar e por seu programa de armas nucleares.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.