Bush envia mensagem a muçulmanos no fim do Ramadã

Por ocasião do fim do Ramadã, o mês santo dos islâmicos, o presidente dos EUA, George W. Bush, enviou uma mensagem a todos os muçulmanos, convidando-os a lutar contra o terrorismo. "Graças aos nossos esforços conjuntos, poderemos livrar-nos do terrorismo e dos terríveis efeitos do ódio e da intolerância sobre nossa civilização, para conseguir, enfim, um futuro mais luminoso", disse Bush em sua mensagem, augurando "a todos os muçulmanos do mundo... Paz, saúde e prosperidade para o próximo ano". Após a transmissão do vídeo em que Osama bin Laden parece alegrar-se abertamente pelo massacre de 11 de setembro e que despertou grande emoção nos EUA, Bush lembrou que seu país, com a ajuda de outros, está comprometido com uma iniciativa humanitária para levar alimentos, remédios e roupa para a população afegã. "Fazer caridade é uma tradição comum a diferentes credos religiosos", afirmou o presidente dos EUA, o qual sustenta estar "decidido a trabalhar em colaboração com outras nações para ajudar (os afegãos) na reconstrução de seu país".Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.