Bush explicará, em livro, decisões de seu governo

O ex-presidente dos EUA George W. Bush está escrevendo um livro de memórias. Não será uma autobiografia, mas uma série de explicações sobre as decisões que tomou durante os oito anos de seu governo. A obra, provisoriamente intitulada Decision Points, deve ser publicada em 2010.Em contraste com o tradicional livro de memórias presidencial, a obra de Bush descreverá como ele tomou 12 decisões políticas e pessoais, entre elas a invasão do Iraque, sua resposta ao furacão Katrina, a disputa pela presidência e o abandono do álcool. "Quero que as pessoas tenham uma ideia sobre como as decisões foram tomadas e o povo compreenda as opções que foram colocadas diante de mim", disse.Bush vendeu os direitos do livro para a Crown, da Random House, ao contratar os serviços do advogado Robert Barnett, que negociou um pagamento adiantado de US$ 15 milhões para o livro My Life, de Bill Clinton, e cuja lista de clientes inclui Barack Obama, Hillary Clinton, Bob Woodward, Tony Blair, a rainha Noor, da Jordânia, Laura Bush e Alan Greenspan. Nem Barnett nem Bush revelaram o valor do acordo pelo livro. Há rumores de que ele teria recebido um adiantamento de US$ 7 milhões.Bush afirmou que o o livro incluirá alguma autocrítica, mas parece que ele está, há tempos, mais ansioso para fazer o público compreender as situações que se apresentaram a ele no momento.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.