Bush faz piada de si mesmo em jantar na Casa Branca

Os espectadores da ceia da Associação de Correspondentes da Casa Branca tiveram diversão em dobro na noite de sábado, quando George W. Bush e um imitador brincaram às custas do próprio presidente e de vários políticos. "Damas e cavalheiros, me sinto de bom humor esta noite: sobrevivi à reestruturação da Casa Branca", disse o presidente. Mas o imitador Steve Bridges roubou o espetáculo. Fez piada com o acidente de caça de Dick Cheney. "Falando em suspeitos, onde está o grande caçador branco?", perguntou Bridges. "Ele baleou o único advogado que me apóia neste país". "Os meios de comunicação realmente me irritam por essas coisas que fazem para me envergonhar, quando não editam o que eu digo", afirmou o imitador. Bush continuou uma tradição que começou com o presidente Calvin Coolidge (1923-29), de assistir à ceia dos correspondentes. Convidou Bridges para imitá-lo e falou com a imprensa com cortesia e simpatia. O entretenimento também contou com Stephen Colbert, cujo programa no canal Comedy Central, "The Colbert Report", que costuma criticar os políticos de Washington. "Creio que o governo que governa melhor é um governo que governa o menos possível. Segundo esse padrão, instauramos um governo fabuloso no Iraque", disse Colbert, que se referiu a Bush como um homem que "acredita na quarta-feira no mesmo que acreditava na segunda, sem se importar com o que aconteceu na terça". Entre os espectadores da ceia estava o rapper Ludacris, o ator da série ´Desperate Housewives´, James Denton, o prefeito de Nova Orleans, Ray Nagin, a tenista russa Anna Kournikova e o quarterback do time de futebol americano Pittsburgh Steelers, Ben Roethlisberger.

Agencia Estado,

30 Abril 2006 | 06h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.